MENSAGEM PRA VOCÊ!!!

15 de dez de 2008

A aprendizagem como foco principal

As mudanças vividas atualmente no sistema educacional do município de Campo Grande (MS), principalmente em termos sociais e culturais, onde se implanta a Escola de Tempo Integral, visa a construção da aprendizagem mediada através das novas tecnologias, participação da comunidade escolar e uma construção coletiva do projeto político pedagógico.
Essa nova concepção do fazer escolar sugere um olhar diferenciado tanto com relação ao aluno, como com relação ao professor. Propõem-se então, um fazer pedagógico diferente, bem como uma gestão democratizada, onde o foco central é garantir ao aluno o direito de aprender bem.
Para que tal proposta concretize-se, toda equipe escolar deve estar atenta ao objetivo principal que é levar o aluno aprender bem, ao mesmo tempo unida, onde cada um torne-se responsável pelo processo seja direta ou indiretamente. Assim, quando toda a comunidade participa efetivamente do processo, respeitando a especificidade de cada aluno, buscando a transformação deste, a construção da autonomia e da cidadania, a aprendizagem passa a ser uma conseqüência positiva e imediata, na medida em que foi planejada, organizada e direcionada por uma equipe unida em busca de um só objetivo.

Escola é...


... O lugar que se faz amigos.
Não se trata só de prédios, salas, quadros,
Programas, horários, conceitos...
Escola é, sobretudo, gente.
Gente que trabalha que estuda.
Que alegra, se conhece se estima.
O Diretor é gente,
O coordenador é gente,
O professor é gente,
O aluno é gente,
Cada funcionário é gente.
E a escola será cada vez melhor
Na medida em que cada um se comporte
Como colega, amigo, irmão.
Nada de “ilha cercada de gente por todos os lados”
Nada de conviver com as pessoas e depois,
Descobrir que não tem amizade a ninguém.
Nada de ser como tijolo que forma a parede, Indiferente, frio, só.
Importante na escola não é só estudar, não é só trabalhar,
É também criar laços de amizade, É criar ambiente de camaradagem,
É conviver, é se “amarrar nela”!
Ora é lógico...
Numa escola assim vai ser fácil!Estudar, trabalhar, crescer,
Fazer amigos educar-se, ser feliz.
É por aqui que podemos começar a melhorar o mundo.

Paulo Freire

8 de dez de 2008

O convívio nos diversos ambientes de aprendizagem


O convívio nos Ambientes de aprendizagem é um grande desafio a ser vencido tanto pelo aluno, quanto pelo professor. Um dos papéis da escola é promover esta socialização do aluno em seus ambientes de aprendizagem e cabe ao professor, fazer com que esta integração ocorra de maneira tranqüila onde nenhuma das partes sejam prejudicadas.
Nos ambientes de aprendizagem o aluno tem a possibilidade de desenvolver-se enquanto sujeito ativo no processo de construção do seu conhecimento trazendo consigo as experiências, vivencias e toda uma bagagem social e cultural.
O professor tem o papel fundamental nesta inter-relação, atuando como agente mediador que articula as relações entre educandos e educadores, alunos-alunos e sujeitos e sociedade.
Observa-se então, que o convívio nos diversos ambientes de aprendizagens, encaminham os alunos a tornarem sujeitos responsáveis, cooperativos e versáteis diante dos desafios e serem vencidos, dentro e fora do ambiente escolar.