MENSAGEM PRA VOCÊ!!!

17 de mai de 2009

Plano de Ensino_2º Bimestre

IDENTIFICAÇÃO

Escola Municipal Profª Iracema Maria Vicente

Professor: Meriely Lopes Alves da Nóbrega

Ano de atuação: 1º ano

Tempo de duração: 2° Bimestre (2009)

AMBIENTE DE APRENDIZAGEM:

AA1, AA2, AA3, AA4 e AA5.

TEMÁTICA DE ESTUDO:


Eu no mundo

PROBLEMATIZAÇÃO:

Atividade disparadora:
Apresentar aos alunos o texto abaixo:

SEU CORPO FALA!
SENTE FOME, TEM SEDE.
SENTE FRIO, CALOR E DOR.
SALTA, PULA, DANÇA E PENSA.
PRODUZ E ELIMINA SUBSTÂNCIAS
AR ENTRA E SAI.
CORAÇÃO PULSA, SANGUE CORRE.
VOCÊ JÁ PAROU PARA SENTIR SEU CORPO?
E PARA PENSAR QUANTA COISA DIFERENTE ACONTECE DENTRO DELE?

Após realizar leitura coletiva e refletir sobre as partes do corpo que aparecem no texto, vamos pensar: Como
sentimos e percebemos o mundo através do funcionamento do nosso corpo?

CONTEÚDO:

GEOGRAFIA:
Meu papel na construção do espaço.
Espaço natural e construído.
Espaço doméstico (casa, rua, bairro).
Sala de aula.


HISTÓRIA:
Cada criança tem uma história
Eu e minha família
Linha do tempo.


LÍNGUA PORTUGUESA:



Textos epistolares: bilhetes, convites, avisos e recados.
Textos informativos: Gráficos e tabelas.
Textos jornalísticos: notícias, entrevistas, classificados.
Relação fonema/grafema.
Estudo do Nome e sobrenome.
Estratégias de leitura.
Segmentação.
Análise de Rimas.
Produção e expressão oral
Escrita convencional e não convencional.
Produção de listas.
Constituição alfabética de palavras,
Convencionalidades do sistema de escrita (linearidade, orientação: esquerda e direita).
Uso das linguagens e suas modalidades (oral e escrita).
Construção de frases

CIÊNCIAS:
Fases da vida
Órgãos dos sentidos
Hábitos de higiene.
Prevenção de acidentes domésticos
Cuidados com a ingestão de remédios.


MATEMÁTICA:
Contagem e registro de quantidade.
Situações-problema, envolvendo as idéias da adição e subtração.
Medida de tempo: calendário, dia e noite.
Tabela simples, listas e gráficos de barras.
Formas geométricas planas, círculos, quadrados e retângulos.
Localização espacial.

OBJETIVO GERAL

Conhecer o corpo, os sentidos e suas funções reconhecendo sua importância na identificação das características ambientais, bem como compreender por meio de pesquisa e análises de imagens as fases do crescimento pelas quais vem passando, relatando como se alimentava, como se vestia e como se locomovia em cada uma dessas fases.


OBJETIVOS ESPECÍFICOS


Análise - analisar sua própria escrita e a do outro.
Análise - compor e decompor palavras significativas utilizando as letras móveis.
Análise - identificar as características dos gêneros: conto (personagem, fato, tempo, e espaço), histórias em quadrinhos (onomatopéias, balões e traços de movimento), bilhete (destinatário, vocativo, assunto, despedida e assinatura) e texto poético (ritmo, rima, versos, estrofes e disposição gráfica), linguagem verbal e não verbal.
Análise - relação fonema/grafema (valor posicional e funcional da letra na palavra).
Análise - relacionar a leitura oral com a escrita das palavras.
Análise - segmentar adequadamente.
Compreender que as histórias de vida são diferentes.
Conhecer e valorizar as regras de convívio no ambiente familiar e escolar.
Construir a concepção de família e suas diferenças.
Contar elementos em diferentes situações.
Desenvolver atitudes de cuidados com o corpo, a boca, a mente e do ambiente em que está inserido.
Desenvolver atitudes de observação e investigação.
Diferenciar noções de proporção, lateralidade, localização, representação e interpretação do espaço.
Escrita - escrever listas de palavras e títulos estabelecendo a relação letra/som.
Escrita - escrever o seu nome completo.
Escrita - escrever palavras e textos, ainda que de forma não convencional.
Escrita - reescrever textos diversos: individual e coletivamente.
Escrita - segmentar adequadamente.
Evidenciar as fases da vida.
Identificar as características do corpo humano: suas partes e funções básica.
Identificar e relacionar quantidades em situações lúdicas e de vida prática.
Investigar fatos de infância da época de seus pais e avós.
Investigar fatos ocorridos em sua vida para conhecer sua história.
Leitura - compreender os textos lidos pelo professor.
Leitura - ler diferentes textos ainda que não o faça de maneira convencional.
Leitura - ler listas, parlendas, poemas e quadrinhas.
Leitura - localizar informação com o auxílio de materiais diversos: imagem, quadrinhos, fotos, tabelas, gráficos e outros.
Leitura - localizar informações explícitas em textos diversos (contos, histórias em quadrinhos, bilhetes, poemas, receitas e outros).
Leitura - localizar informações explícitas em textos diversos (contos, histórias em quadrinhos, bilhetes,
Leitura - reconhecer a finalidade dos gêneros: contos, histórias em quadrinhos, bilhetes, poemas, receitas e outros.
Leitura - utilizar diferentes estratégias de leitura.
Oralidade - representar oralmente histórias ouvidas.
Oralidade - saber ouvir e falar.
Oralidade - transmitir recados.
Perceber a necessidade de cuidados com a ingestão de remédios.
Perceber a relação do "eu" com os sujeitos sociais de convívio.
Perceber as regras que organizam as atividades no dia-a-dia domiciliar e escolar (sinal de entrada, saída, recreio entre outros).
Perceber como o “eu” é fundamental no processo histórico.
Perceber o espaço ocupado por ele e pelo outro.
Reconhecer e ler os números naturais.
Resolver problemas expressos de diversas formas utilizando as noções de tabelas e gráficos.
Resolver problemas expressos por situações orais, textos e representações matemáticas.
Resolver situações-problema envolvendo a ideia da adição com números naturais. (priorizar).
Resolver situações-problema envolvendo a ideia da subtração com números naturais. (priorizar).
Situar objetos num determinado espaço.
Utilizar noções de números em situações cotidianas.
Utilizar o calendário para estabelecer relações de tempo.
Utilizar os órgãos dos sentidos para perceber a si mesmo e o mundo que o rodeia.
Utilizar variadas formas de expressão das observações: oral, escrita ou representações com materiais diversos.



METODOLOGIAS E SUAS TECNOLOGIAS


Ler textos de diferentes gêneros textuais;
Coletar dados por meio de pesquisas e observações;
Realizar atividades diárias de higiene;
Observar e analisar fatos, situações de forma a garantir a boa qualidade de vida;
Identificar todas as partes do corpo através de atividades de investigação, leitura, música, jogos e dinâmicas;
Favorecer a sua livre expressão para que, participem e busquem novas maneiras de interagir com a realidade até mesmo para modificá-la;
Realizar conversas, debates e entrevistas
Resolver situações-problemas envolvendo conceitos matemáticos;
Realizar pesquisas e coletas de dados para montagem de gráficos e tabelas;
Desenvovler registros escritos a partir da análise de filmes;
Utilizar o livro "As Três Partes", para trabalhar as formas geoméstricas;
Confeccionar cartazes e painéis com figuras recortadas e desenhadas pelos alunos.
Apresentações orais e escritas das pesquisas realizadas quanto aos órgãos dos sentidos.
Trabalhos com músicas (fazer interpretações de forma oral, gestos, escrita e desenhos);
Rodas de leitura e conversa analisando textos lidos pela professora;
Pesquisa e análise de imagens, que representam as fases da vida;
Resolver atividades envolvendo cruzadinhas, caça-palavras, bingo, palavras lacunadas para desenvolvimento da leitura e da escrita;
Produzir listas, frases e textos individuais e coletivos;
Desenvolver atividades de recorte e colagem para montagem de painéis, estudando espaços, naturais e construídos;
Construção da linha do tempo, com a contribuição dos familiares dos alunos;
Realizar visitas à Biblioteca para contação de histórias e pesquisas;
Resolver atividades no ambiente virtual utilizando fermentas como Word, PowerPoint, Softwares e Flash, buscando desenvolver a leitura e a escrita, a análise do calendário, dia e noite e localização espacial.
Desenvolver atividades lúdicas com jogos, brincadeiras e cantigas de roda, organizando os alunos com diferentes estratégias (individual, em grupos, em círculo, sentados no chão ou na cadeira).
Propor resolução de problemas matemáticos utilizando materiais concretos como tampinhas de garrafa, palitos, canudos entre outros.


PROCESSO AVALIATIVO

A avaliação será realizada através da observação, considerando as atitudes e comportamentos dos alunos, bem como seu interesse e participação.
Registrar os aspectos observados em planilha e caderno de registros. Aplicar Avalição Diagnóstica ao final do Bimestre, buscando respaldar dados observados e registrados na planilha.


FONTES DE PESQUISA


Álbuns do picasa;
Blog_ Cantinho da Prof. Mériely
Livros didáticos e paradidáticos da Biblioteca da Escola;
Internet (http://www.sol.eti.br, www.smartkids.com.br; www.canalkids.com.br)
IntegraEduca - Sistema Integrado de Gestão Pedagógica - Campo Grande, MS



1 de mai de 2009

ALUNOS DO 1º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL

Atividades Contos de Fada "Projeto Era Uma Vez... "

Estas são algumas das atividades desenvolvidas durante o Projeto Era Uma Vez...











Projeto com Contos De Fadas: "Era uma vez... Bruxas e Fadas"




APRESENTAÇÃO

Ao longo dos anos, muito vem se falando da importância da formação do leitor, mas pouco se tem feito no sentido de instrumentalizar pais e professores, no que diz respeito ao desenvolvimento do gosto pela leitura. Visto que o ato de ler não visa só a formação acadêmica da criança, mas a sua formação como cidadã, trabalhar com formação do leitor passa inevitavelmente pela leitura de livros, de imagens e do seu cotidiano com seu acervo cultural, que lhe dará visão de mundo.
Desde pequena, a criança escuta histórias narradas por sua mãe, seu pai ou seus familiares mais próximos. Os contos de fadas, as fábulas, as histórias bíblicas, os poemas, as anedotas ou até as histórias inventadas pelos seus pais carregam o poder de encantar e deslumbrar a todos os que os ouvem.
É ouvindo que podemos sentir emoções importantes na vida, como: tristeza, raiva, irritação, medo, alegria, segurança, insegurança, irritação, bem-estar, pavor, tranqüilidade, liberdade, entre muitas outras sensações. Daí a importância de se selecionar livros de literatura infantil que desenvolvam na criança o senso crítico, construindo-se um ser independente, com uma visão de mundo voltada à situação real. De acordo com COELHO, a literatura infantil é responsável pela “formação de uma nova mentalidade”.
Toda criança que lê e tem acesso a livros tem maior facilidade em aprender e conhecer o mundo; a leitura facilita a compreensão dos conteúdos estabelecidos, traz benefícios para toda a comunidade escolar, pois quanto maior for o entendimento e conhecimento, mais poderá o professor avançar e aguçar a curiosidade dos alunos, para que busquem as suas respostas nos livros, utilizando-os como instrumentos de pesquisa

JUSTIFICATIVA

A leitura é uma atividade permanente da condição humana, uma habilidade a ser adquirida desde cedo e treinada em várias formas. Lê-se para entender e conhecer, para sonhar, viajar na imaginação, por prazer ou curiosidade; Lê-se para questionar e resolver problemas. O indivíduo que lê participa de forma efetiva na construção e reconstrução da sociedade e de si mesmo, enquanto ser humano na sua totalidade. Na sociedade moderna grande parte das atividades intelectuais e profissionais gira em torno da língua escrita. Vê-se então que o Projeto Era uma vez... Bruxas e Fadas vem de encontro com o anseio dos alunos em obter o domínio da habilidade de leitura proficiente garantindo o exercício de cidadania, o acesso aos bens culturais e a inclusão social.
A leitura possui um caráter formativo e instrumental, isto é, ela serve para nos aprimorarmos quanto pessoas e serve também para aprimorarmos o nosso desempenho em inúmeras atividades que realizamos em nossa vida social, acadêmica e profissional. Através da leitura testamos os nossos valores e experiências com as dos outros. Diante da perspectiva de que a leitura é fundamental no desenvolvimento do ser humano, e que a escola possui um papel importante no desenvolvimento do hábito da leitura, julgou-se relevante o desenvolvimento do presente projeto: ERA UMA VEZ... BRUXAS E FADAS.

PROBLEMATIZAÇÃO

ATIVIDADE DISPARADORA:

Filme “Branca de Neve” – Walt Disney
Discussão sobre os fatos e personagens presentes no filma, para levantamento dos conhecimentos prévios, quanto aos contos de fadas.
O filme Branca de Neve é um conto de fada?
Que seres fantásticos aparecem no filme?
Há castelos? Bruxas? Fadas?
Quem salva Branca de Neve?
Que outros contos de fada você conhece?

PROBLEMATIZAÇÃO:
Sabemos que nem todos os contos de fada têm fadas.
Então, por que são chamados assim?

CONTEÚDOS

Produção e expressão oral.
Relato pessoal.
Conversas formais e informais.
Unidades sonoras da língua, letra, sílaba e palavra.
Nome próprio.
Contos.
Estratégias de leitura.
Apropriação da base alfabética.
Leitura compartilhada de textos narrativos e informativos.
Escrita convencional e não convencional.
Cada criança tem sua história – eu e minha família.
Elementos naturais e culturais do espaço de vivência.
Registro de quantidades, situações-problemas envolvendo adição e subtração, gráficos e tabelas simples.
Comparação de características e comportamentos entre os seres humanos envolvendo condições do ambiente.

OBJETIVOS E METAS

OBJETIVO GERAL

A leitura é um ato que de tal modo faz parte de nosso dia-a-dia que acabamos acreditando ser algo "natural", "sempre igual" e que não necessitaria de qualquer problematização ou reflexão. Mas quando trabalhamos de forma lúdica, colorida e com imagens com os nossos alunos que estão iniciando a prática de leitura, despertamos o interesse, o conhecimento, a opinião ao mundo das letrinhas.
Assim, o objetivo deste projeto é desenvolver momentos onde o aluno e seu professor, terão acesso a "belos contos de fadas". Propiciando assim, de forma lúdica e dinâmica, experiências diversificadas, estimulando o gosto pela leitura, enriquecendo a criatividade, o imaginário e o conhecimento.

OBJETIVOS CONCEITUAIS:

 Conhecer a vida de escritores de contos infantis como, Hans Christian Andersen e Irmãos Grimm;
 Identificar personagens de contos de fadas, como: magos, fadas, duendes, anões, gigantes, etc.;
 Identificar os contos pela linguagem típica dos mesmos;
 Identificar as marcas temporais presentes nos contos;
 Identificar letras e palavras conhecidas presentes nos títulos das histórias e nomes de personagens.

OBJETIVOS PROCEDIMENTAIS:

 Ampliar as possibilidades de movimentos;
 Expressar-se por meio de desenhos, pinturas e colagens;
 Desenvolver a linguagem oral;
 Ler, ainda que de forma não convencional;
 Dramatizar histórias, por meio de expressões orais e dança;
 Descrever cenários e personagens;
 Identificar soluções de conflitos presentes nos contos;
 Identificar títulos de histórias conhecidas;
 Continuar histórias a partir de um determinado ponto;
 Produzir textos, tendo o professor como escriba.

OBJETIVOS ATITUDINAIS:

 Possibilitar um instrumento onde as crianças coloquem suas emoções e necessidades;
 Sistematizar situações-problema, a partir de contos, para as crianças refletirem criando alternativas de acordo com seus pensamentos;
 Buscar no mundo da fantasia possíveis soluções para os problemas de mundo real;
 Resgatar a importância do “contar histórias”, no contexto familiar;
 Valorizar o conto (popular e de fadas) como parte da tradição dos povos;
 Aprender valores;
 Desenvolver o senso crítico e a criatividade.

METAS

Partindo dos objetivos propostos, temos as seguintes Metas a serem alcançadas:
 Incorporar as novas tecnologias não apenas para expandir o acesso à informação atualizada, mas principalmente para promover uma nova cultura do aprendizado por meio da criação de ambientes que privilegiem a construção do conhecimento e a comunicação;
 Considerar as expectativas, potencialidades e necessidades dos alunos;

METODOLOGIA E SUAS TECNOLOGIAS


O projeto será desenvolvido através das seguintes ações:

 Leitura de contos de fadas e histórias infantis;
 Desenvolver atividades diversas utilizando diferentes recursos tecnológicos, como o Notebook e o Data Show;
 Criar situações de fantasia e encantamento utilizando o ambiente virtual;
 Transportar a imaginação para o reino do maravilhoso;
 Trabalhar as emoções que as histórias transmitem;
 Resgatar a importância que os contos populares e de fadas exercem sobre as crianças;
 Conto das histórias com o tapete em ambientes fora da sala de aula;
 Ouvir histórias utilizando data show, cd mp3 entre outros recursos;
 Músicas e brincadeiras;
 Dramatização de histórias conhecidas, onde as crianças sejam as personagens;
 Apreciação da leitura feita pela professora;
 Identificação de valores encontrados nas personagens das histórias.
 Atividades diversas como: pintura, desenho, recorte colagem, confecção de fantoches (personagem das histórias contadas), dobradura e outros;
 Fazer rodinha com as crianças para discutir, trocar idéias sobre fatos e acontecimentos da história que acabou de ser contada;
 Confecções de livros;
 Confecções de um castelo utilizando materiais recicláveis como caixa de leite e garrafa pet;
 Leitura individual;
 Leitura em grupo;
 Leitura silenciosa;
ANÁLISE DOS CONTOS DE FADAS, OBSERVANDO:
 Estrutura textual (narrativa), começo, fato complicado, auge do problema e desfecho (final);
 Temporalidade;
 Linguagem própria diferente da linguagem do cotidiano;
 Descrição de cenários e personagens;
 Presença do conflito (bem e mal, protagonistas e antagonistas);
 Resolução de conflitos, levando a um final feliz;
 Presença de elementos fantásticos (bruxa, fadas, anões, magos, gigantes...);
 Listar oralmente as histórias preferidas;
 Reconhecer títulos de histórias e nomes de alguns personagens;
 Continuar a história a partir de um ponto estabelecido pela professora;
 Elaborar um novo final, diferente do original;
 Analisar as características das personagens na história.

DRAMATIZAÇÃO DAS HISTÓRIAS, OBSERVANDO:
 Expressões faciais;
 Criatividade;
 Vocabulário;
 Narração;
 Movimentos espontâneos e programados;
 Postura e encenação;
 Colocação de voz.

SAINDO DO AMBIENTE “MESA E CADEIRA”

Durante as rodas de leitura, levar os alunos para a área externa da escola, possibilitando aos alunos, fazerem leitura deitado, sentado na grama ou em um tapete, proporcionando uma aula diferenciada em ambiente agradável.

Sacola Era Uma Vez... e Mala Viajante
O desenvolvimento do Projeto contará ainda com os recursos da Sacola Era Uma Vez, onde um aluno sorteado leva a sacolinha para casa. Dentro da sacolinha há um livro de história e um caderno de registro. Com ajuda de um adulto, o aluno deverá realizar a leitura do livro e registrar ao seu modo o que foi lido. E ainda, a Mala Viajante que percorrerá as demais salas de aula de escola, buscando contribuições para o desenvolvimento do Projeto. Estas contribuições poderão ser: objetos, desenhos, notícias, figuras, livros, adesivos, filmes entre outros, de acordo com imaginação...
Vale lembrar que a sala que receber a mala viajante será avisada com antecedência para trazer sua contribuição.

ATIVIDADES DIVERSAS:

Contar e explorar muitas histórias como: João e Maria, Chapeuzinho vermelho, Cinderela, O gato de botas, A Bela Adormecida, Branca de Neve, o Patinho Feio e muitas outras. Apresentar as histórias para os alunos através do livro, do teatro de fantoches de mão ou de vara, da TV e DVD, internet, data Show etc.
•Produzir listas coletivas e individuais de palavras relacionadas à temática.
•Realizar pesquisas em livros da Biblioteca e na internet por meio de sites pré – selecionados pela professora.
•Produzir com as crianças livros infantis dos quais elas deverão participar da construção e ilustração.
•Realizar trabalhos na sala de aula explorando as estórias com muito dinamismo e criatividade.
•Assistir filmes que destacam castelos, bruxas, reis e rainhas.
•Confeccionar um castelo utilizando caixas de leite e garrafa pet.
•Culminância: expor os materiais produzidos durante o projeto e promover banquete e baile real.

AVALIAÇÃO

É imprescindível enxergar com novos olhos o verdadeiro, o universo mágico e encantador dos livros em sala de aula e, conseqüentemente, entendendo-se aí toda a prática cotidiana do aluno.
Observar nos alunos e registrar em relatórios e planilhas os seguintes aspectos: interatividade, participação compartilhada, regras, disciplina, organização, trabalho em equipe, responsabilidade.

RECURSOS

Notebook, internet;
TV, DVD, Data Show;
CD de histórias;
Tapetes;
Fantoches de diversos tipos;
TNT;
Cenário para apresentação de fantoches;
Lápis de cor, giz de cera, sulfite, canson, papéis coloridos, tinta guache, pintura a dedo, cola, tesoura e pincel.
Livros de contos de fadas e histórias infantis.
Materiais recicláveis entre outros.